top of page

A Carga da Deusa


Ouçam as palavras da Grande Mãe, Aquela que desde a Antiguidade foi chamada de Ártemis, Astarte, Dione, Melusina, Cerridwen, Diana, Brigit e muitos outros nomes.

Deusa, Wicca, A Carga da Deusa, Carga, magia, Bruxaria, Deusas, feitiço, universo, lua, estrelas

"Sempre que necessitarem de alguma coisa, uma vez no mês, especialmente quando a lua estiver cheia, reúnam-se em algum lugar secreto e adorem Meu Espírito, pois sou a Deusa de todas as Bruxas.

Vocês estarão livres da escravidão e, como sinal de que são livres, cantem, dancem, banqueteiem-se, façam músicas e amor, todos em Minha presença. Pois Meu é o êxtase do espírito, e Minha também é a alegria sobre a terra.

Minha lei é a do amor para todos os seres.

Meu é o segredo que abre a porta para a terra da juventude e Meu é o cálice de vinho da vida, que é o caldeirão de Cerridwen, que é o graal sagrado da imortalidade.

Eu concedo o conhecimento do espírito eterno e, além da morte, ofereço a paz e a liberdade e o feliz reencontro com aqueles que partiram antes.

Eu não exijo sacrifícios, pois eis que eu sou a Mãe de todas as coisas e Meu amor derrama-se sobre toda a Terra."



Agora ouçam as palavras da Deusa Estrela, Ela cuja poeira dos pés são as hostes dos céus e cujo corpo envolve o Universo.


"Eu, que sou a beleza da terra verdejante e da prateada lua entre as estrelas e dos profundos mistérios das águas, invoco seu espírito para que despertem e venham a Mim.

Pois sou o espírito da natureza, que dá vida ao universo.

De Mim todas as coisas emanam e para Mim todas devem retornar.

Que a honra a Mim esteja no coração que se regozija, pois, saibam, todos os atos de amor e de prazer são Meus rituais.

Que haja beleza e força, poder e compaixão, honra e humildade, júbilo e reverência dentro de cada um de vocês.

E aqueles que buscam conhecer-Me, saibam que sua busca e anseio serão em vão caso não conheçam o Mistério: pois se aquilo que buscam não existir dentro de vocês, nunca o encontrarão fora de si. Saibam, pois, Eu estou com vocês desde o início dos tempos e sou Aquela que se alcança ao fim do desejo."

...


(Adaptado por Henry Barbosa para a Tradição Algardiana a partir do original de 1957 de Doreen Valiente)
312 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


Post: Blog2_Post
  • Telegram
  • Facebook
  • Instagram
  • Blogger
bottom of page