top of page

Mancia: A Arte dos Oráculos

Mancia é um sufixo que identifica palavras com a ideia de divinação ou adivinhação.

Na prática mágicka o termo se aplica às técnicas, métodos e práticas envolvendo oráculos como instrumentos de acesso ao inconsciente, ao subconsciente ou mesmo ao plano espiritual para interpretar padrões, formas e símbolos de modo a trazer respostas, soluções, explicações e previsões ao consciente.

De maneira resumida, mancias e oráculos diversos podem agir em três níveis:

  1. Físico que corresponde ao Consciente;

  2. Mental que corresponde ao Subconsciente e

  3. Espiritual que corresponde ao Inconsciente.

  • Nível Físico: A parte consciente da mancia analisa literalmente o que lhe é mostrado. Nesse primeiro nível vemos as formas físicas, figuras, padrões e sinais. Este nível é comumente utilizado por adivinhos, estudantes e curiosos em geral, é a parte mais superficial da existência e responde bem às questões mais terrenas, racionais e físicas como financeiro, relacionamentos, social, saúde e etc. Neste nível ocorre a adivinhação e é algo mais acessível e próximo ao público em geral com significados e símbolos mais fixos e enraizados. Não há muitos desafios em interpretar e a intuição não se faz necessária, os símbolos geralmente são bem literais, porém isso dependerá da experiência pessoal do leitor e das associações que o consulente estiver recebendo. Neste nível temos acesso àquilo que já conhecemos, já sabemos a resposta e serve mais como uma forma de confirmação ou de melhor entendimento do plano geral da questão.

  • Nível Mental: Aqui observamos o abstrato e as formas ilógicas e amorfas que encontramos e que vão despertando pontos da nossa percepção intuitiva. Neste nível temos a ponte entre os dois lados da situação, o aspecto físico e o espiritual, as sensações são ainda obtidas por estímulos visuais do processo, mas com traços da intuição preenchendo as lacunas do abstrato. Esse nível é o que melhor responde quando queremos uma auto avaliação ou uma questão mais intima de seu Self.

  • Nível Espiritual: É o nível mais profundo na consciência, onde o físico não mais importa ou possui valor e a intuição tem total atenção. Nesse nível, pouco acessível ou explorado, o leitor se torna um canal direto com alguma energia exterior a si mesmo, seja uma divindade, um guia ou ser consciente de qualquer natureza. Aqui o leitor pode ver um X na borra do café, na bola de cristal ou na cera de uma vela e sua intuição e essa energia pedem que ele veja além deste X e enxergue um O. Neste nível ocorre a divinação e, por vezes a previsão.

Existem milhares de formas de mancias desenvolvidas e adaptadas por diferentes culturas e tempos, entre elas podemos destacar:

  • Acrimancia: pelo fogo.

  • Aeromancia: movimentos dos ventos e formas das nuvens.

  • Agalmatomancia: pela inspiração divina mediante a estátuas de deuses.

  • Aleuromancia: pelos biscoitos da sorte.

  • Alomancia: pelo sal.

  • Antracomancia: pela observação do carvão incandescente.

  • Antropomancia: pelo exame das vísceras humanas.

  • Apantomancia: por meio de coisas que se apresentam súbita e inesperadamente à vista.

  • Aracnomancia: pela teia de aranha.

  • Astromancia: pelos astros.

  • Aspidomancia: através de um demônio.

  • Aurospicina: através de entranhas dos animais.

  • Bibliomancia: pela interpretação de palavras ou frases de um livro aberto ao acaso.

  • Buziomancia: por meio de búzios, pequenas conchas.

  • Brizomancia: pelos sonhos. Uma forma antiga de Oniromancia.

  • Cafeomancia: pela interpretação da borra do café.

  • Capnomancia: pela fumaça lançada ao vento.

  • Cartomancia: pelas cartas de baralho ou tarô.

  • Captromancia: através de espelhos.

  • Ceromancia: pela cera derretida da vela que caiu na água.

  • Cleromancia: pelo lançamento de dados.

  • Cristalomancia: através de um cristal, como a bola de cristal.

  • Dactilomancia: através de um anel de ouro.

  • Dafnomancia: pelo som da queima de ramos de louro.

  • Eromancia: através de um copo de água.

  • Falomancia: das características fálicas através da análise visual.

  • Filodoromancia: pelo som de pétalas golpeadas contra a mão do consultante.

  • Gramatomancia: Procedimento adivinhatório pela obtenção ao acaso das letras do alfabeto.

  • Hipomancia: pelo som do cavalgar de cavalos.

  • Iridomancia: através da observação da íris dos olhos.

  • Lampadomancia: pela interpretação de raios e trovões.

  • Lecanomancia: pela interpretação de pedras preciosas lançadas em uma bacia cheia de água.

  • Melanomancia: pelas manchas na pele e outros sinais de um indivíduo.

  • Moedamancia: através de moedas.

  • Necromancia: pela comunicação aos mortos e seus espíritos ou cadáveres.

  • Oniromancia: pelos sonhos.

  • Pegomancia: pelo tempo que o fogo leva para queimar algum objeto de valor sentimental.

  • Piromancia: pelo fogo.

  • Quiromancia: pelas linhas e sinais da mão do consultante.

  • Rabdomancia: através de uma varinha mágica.

  • Runemal: pelas runas.

  • Sicomancia: pelo tempo que a tinta de uma pergunta escrita levaria para secar.

  • Teimancia: pelas folhas de chá.

  • Teomancia: pela inspiração divina.

  • Uromancia: pela urina.

  • Xilomancia: através de árvores

  • Zoomancia: pelo apetite e movimento dos animais.

  • E tantos outros ainda mais estranhos e diferentes...

350 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Samhain

Komentáře


Post: Blog2_Post
  • Telegram
  • Facebook
  • Instagram
  • Blogger
bottom of page