top of page

Guia de Feitiços

Ao iniciar o trabalho mágicko e o lançamento de feitiços, é útil considerar as seguintes questões; um feitiço se faz necessário na situação, o que pode ser feito em conjunto deste feitiço, por que os feitiços funcionam e quais são os princípios e fundamentos usados ​​para fazê-los funcionar, que código de ética deve ser observado, quais são os perigos envolvidos em lançar feitiços? Muito além da intuição ou intenção, a arte da feitiçaria envolve procedimentos fundamentados e ações físicas.

Confira nosso conteúdo sobre:

Para muitas pessoas, a noção de feitiço e magia é facilmente descartada como pura fantasia, assim como tem muitas pessoas que acreditam em feitiços e magia, porém o que praticam é pura atuação automática movida por Hollywood. Nos últimos anos, no entanto, essas atitudes de descrença começaram a mudar à medida que psicólogos e cientistas começaram a explorar o imenso poder da mente e sua relação com a matéria física, de como o pensamento e a crença exercem influências na saúde mental, física e até como forma de incentivar a busca por mudanças, dando confiança, atitude, coragem, foco e etc.


Muitos atletas e empresários professam praticar a arte de 'acreditar antes de ver', visualizar-se cruzando a linha de chegada, segurando a medalha, comemorando a vitória antes de iniciar a corrida, enquanto treina ou visualizar as ações da empresa subindo, valorizando, visualizar funcionários novos, criativos, empenhados, ideias, etc. Isso como forma de moldar a realidade e manifestar os resultados desejados. Temos evidências de que pinturas rupestres eram desenhadas antes de nossos ancestrais saírem para suas caçadas, como forma de visualizar o sucesso da caça antecipadamente, expressando desejo, vontade, atração deste objetivo, dessa necessidade de sucesso para garantir sua sobrevivência. Essa não é essencialmente a natureza do trabalho de magia e feitiço?


O trabalho com feitiços e magia é simplesmente uma extensão da consciência natural e não há dúvidas de que, se feito corretamente com um foco claro e ações, feitiços funcionam.

Para que o feitiço seja eficaz, não descartar a racionalidade e ser capaz de se concentrar fortemente e definir suas intenções enquanto acredita que elas se manifestarão é absolutamente fundamental, mas não garante o resultado, a ação é parte da magia, pedir, desejar algo, mas também trabalhar e ter ações para alcançar este objetivo.


Feitiços são perigosos?

Os perigos envolvidos no trabalho de feitiço dizem respeito ao chamado efeito 'bumerangue' através do qual o trabalho de feitiço mal planejado resulta em prejuízo ao feiticeiro. Para evitar isso, é de extrema importância praticar o trabalho com feitiços com foco claro e deliberado, prestando atenção aos detalhes, procedimentos e fundamentos.


Um feitiço em si pode ser tão simples ou tão complicado quanto a situação exigir.


De qualquer forma, três coisas são essenciais em termos de sucesso; visualização precisa de uma intenção, concentração e, visualização.


A concentração é uma habilidade construída pela prática, enquanto a força de vontade fala mais sobre certa confiança no fato de que, se feito corretamente, o feitiço funcionará. Tanto a concentração quanto a força de vontade contribuem para a construção do poder mágicko que é necessário para que o trabalho de magia seja eficaz.


A visualização não é tão simples e requer dois aspectos; a definição precisa do objetivo a ser trabalhado e a visualização clara de quaisquer imagens ou símbolos que precisam ser mantidos em mente para atingir esse objetivo. O objetivo em si pode ser expresso em palavras antes de começar. Deve ser declarado de forma clara e precisa, na linguagem de um advogado, sem margem para interpretações erradas ou lacunas.

Tenha cuidado com a forma como você escreve, fala, visualiza ou mesmo pensa em seus feitiços!

Seja o mais claro e preciso possível sobre o que você quer. Palavras ou ideias vagas podem criar um universo de possibilidades na hora de interpretá-las, o que pode resultar em um resultado diferente do que você esperava.

O trabalho de feitiço é mais eficaz quando alinhado com as forças que conhece e tem mais afinidade. É útil considerar usar as forças naturais, como as fases da lua e outros presentes da natureza, mas não é um requisito em termos de quando e como um feitiço pode ser lançado. Isso simplesmente ajudará a adicionar correspondências e se bem usado, não aumentar a potência de um feitiço, mas trará outras fontes de onde o feitiço pode tirar energia para trabalhar.


Objetividade e Necessidade

Como vimos, ser claro e objetivo na intenção e no pedido é importante, mas a necessidade é um ponto para se atentar.

O que você pede é, primeiramente, possível? Magia trabalha com as forças da natureza, com energias e isso significa que nenhuma lei da natureza pode e jamais será quebrada. Essa parte tira a graça para a maioria dos aficionados por filmes e séries.

O que você esta pedindo, consegue atingir sem a necessidade de um feitiço? Se sim, para quê complicar então? Vá e faça.

O que você pode fazer para auxiliar o feitiço a se concretizar após realizá-lo? Ficar parado e esperar o feitiço agir sozinho, não vai rolar.

Essas questões podem ser trabalhadas junto ao próximo passo.


Acalme a mente e prepare o corpo

Tire uns instantes para pensar nas questões acima e meditar sobre elas.

Aproveite o tempo para acalmar a mente, focar, e analisar a situação e as possibilidades, trabalhe o corpo também, utilize um banho relaxante ou algum exercício focal.

O ambiente precisa de um preparo, mesmo para feitiços rápidos e simples. Você não quer ser interrompido por um celular, uma visita ou qualquer estímulo externo que vai te distrair e te desfocar de seu objetivo. Aproveite o tempo para preparar o local e os ingredientes que usará.



Banimento Inicial e Final

Você certamente não comeria em um prato sujo não é mesmo?

Banimentos antes dos trabalhos mágickos são ótimos para que as energias que for trabalhar, tenham o ambiente livre para circular, fluir e agir.

Da mesma forma que não comeria em um prato sujo, é bom que deixe o prato limpo após o uso. Após o fim dos trabalhos mágickos, realizamos um segundo banimento, desta vez para limpar a área de qualquer energia que possa ter "escapado" durante o feitiço. Estes banimentos não precisam ser nada tão mirabolantes, um simples incenso, um bater de palmas ou qualquer coisa que dissipe energias, já servirá perfeitamente.


Escolhendo as Correspondências

Correspondências são todos os adicionais que podemos usar em nosso feitiço, funcionando com o princípio da simpatia, do semelhante gera semelhante, podendo ser:

  • Cores: como dourado gerando prosperidade, rosa gerando amor...

  • Símbolos: que traduzem ou representem nossas intenções.

  • Planetas: com potências que podem ser acessadas em dias e horas específicas.

  • Fases da Lua: que podem potencializar ou minguar certas energias.

  • Ervas: que possuem propriedades que trabalhem com nossos objetivos.

  • Cristais: que podem representar nossos objetivos e trabalhar as energias.

Correspondências podem ser qualquer coisa que coloque uma referência em seu feitiço, objetos, cartas de tarôt, um talismã, uma runa, sigilo, um local, tudo o que você considere ter referência e que possa adicionar uma potência ao seu feitiço, será válido!

Mas devemos lembrar, não basta somente jogar a correspondência na mesa para ela funcionar, devemos alinhar ao nosso feitiço, consagrar, ativar ou programar para que possam auxiliar nosso trabalho mágicko.

Correspondências podem ser misturadas, uma vela pode ter uma cor e aroma específicos e nela podemos adicionar símbolos, óleos e ervas secas por exemplo, assim tendo muitas correspondências em apenas um instrumento.


Você pode fechar um círculo de proteção à sua volta!


Manipule a sua energia

Lançar um feitiço requer mais do que recitar palavras mecanicamente e girar uma varinha no ar em um teatro lindo, mas inútil. Para que um feitiço seja eficaz, você deve concentrar sua energia e intenção no objetivo desejado. Isso requer um foco claro e uma concentração de sua energia para que você possa direcionar para as ações físicas e para o objetivo que busca alcançar.

Você pode conseguir isso respirando fundo e visualizando a energia se formando e emanando de dentro de você. À medida que você avança no feitiço, imagine a energia sendo liberada e guiando o feitiço em direção ao seu objetivo. Nessa hora pode adicionar suas correspondências para fixar melhor as energias mentais e físicas.


Dica:

Crie um roteiro, isso permitirá você estruturar seu feitiço ou mesmo um ritual mais complexo de forma segura, coerente e com base. Adicione um início, meio e fim, colocando claramente seus objetivos, suas correspondências, elementos, seu passo a passo e sua finalização.



Finalize

Se fechou um Círculo, hora de abri-lo e liberar sua energia para o feitiço tomar seu rumo.

Você pode queimar seu roteiro como um ato simbólico do fogo transmutando sua energia.

Use um banimento final.

535 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Samhain

Beltane

Comments


Post: Blog2_Post
  • Telegram
  • Facebook
  • Instagram
  • Blogger
bottom of page